domingo, 20 de novembro de 2011

Ainda é cedo



Ela me disse: - Eu não sei mais o que eu
sinto por você.

Vamos dar um tempo, um dia a gente se vê.
E eu dizia: - Ainda é cedo
cedo, cedo, cedo, cedo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário